Mensagens Pr. Wallace Ribeiro


Pequenos, mas poderosos

Texto-Chave: Provérbios 30:24-28

Muitas vezes justificamos nossa falta de sucesso e prosperidade, dizendo que somos fracos e limitados. Neste texto, Salomão usa a maravilhosa sabedoria que Deus lhe deu para nos ensinar sobre virtudes que podem nos fazer vencedores, ainda que sejamos pequenos e débeis. Para isso ele usa a figura de quatro pequenos animais, capazes de grandes proezas. Vamos ver o que as formigas, os arganazes (coelhos selvagens ou querogrilos), os gafanhotos e as lagartixas (gecos) têm a nos ensinar:

1) AS FORMIGAS NOS ENSINAM SOBRE PLANEJAMENTO - vs. 25

- Salomão destaca a formiga por sua capacidade de antecipar-se, de trabalhar duro no verão estocando comida para depois, no inverno, não morrer de fome. Esse planejamento faz com que, nos tempos em que não é possível produzir, haja suprimento.
Pv 6:6-11 - Deixar para depois ou para a última hora é uma terrível característica na vida de muitas pessoas e a Palavra de Deus confronta isto. O servo de Deus deve aprender a antecipar-se, a trabalhar duro enquanto pode para ter os frutos quando tempos difíceis lhe sobrevierem.

Outras qualidades das formigas: Esforço (é proporcionalmente o animal mais forte que existe, pois carrega folhas e objetos que têm muitas vezes o seu peso), organização, solidariedade.



2) OS ARGANAZES NOS ENSINAM SOBRE ESTABILIDADE - vs. 26 -

O arganaz (algumas traduções dizem querogrilo ou coelho) era uma espécie pequenina de coelho selvagem que habitava nas fendas das rochas. Por isso Salomão o usa como modelo de investimento em segurança e estabilidade. Era sua disposição de fazer a casa nas rochas que o protegia dos predadores muito maiores que ele.
Mt 7:24-25 - Precisamos edificar nossa vida sobre a rocha, que é a palavra de Deus. Se não investirmos em conhecer e viver a Palavra, estaremos à mercê dos problemas e poderemos ver nossa vida (pessoal, familiar, profissional, ministerial) desmoronar.
Precisamos nos esforçar para conquistar situações de estabilidade, assim como os arganazes se esforçavam para viver nas rochas. Há coisas que podem trazer estabilidade financeira (ser fiel nos dízimos e ofertas, valorizar o trabalho que temos, ter sempre uma reserva/poupança para momentos de emergência), estabilidade familiar (investir na educação dois filhos, tempo de qualidade em casa), estabilidade ministerial (lutar e ser fiel para conquistar um espaço num grupo de doze ou manter o espaço conquistado).



3) OS GAFANHOTOS NOS ENSINAM SOBRE UNIDADE - vs. 27 -

Os gafanhotos são um modelo de unidade, pois sempre estão em bando e por esta característica têm um alto poder de destruição. Sua força está na unidade! Isso ressalta a importância de fazermos parte de uma grande igreja e nos movermos na mesma direção para grandes conquistas, causando estragos no reino das trevas.

Pv 18:1 - O crente que escolhe a solidão, que não se envolve nos movimento da igreja está se levantando contra a sabedoria de Deus.

Gn 11:6 - Se quisermos grandes conquistas, temos que abrir mão do egoísmo, dos gostos pessoais e andar em unidade, falando a mesma língua dos nossos líderes.




4) AS LAGARTIXAS NOS ENSINAM SOBRE OUSADIA - vs. 28 -

O último animalzinho tomado como modelo por Salomão é o geco (uma espécie de lagartixa). Embora pequeno, ele se introduz onde quer, inclusive nos palácios dos reis. Isso fala de ousadia, de não ser tímido, de ambicionar coisas grandes em Deus e escalar os obstáculos para conquistar novos espaços.

I Co 1:28 - Temos o respaldo de Deus para grandes proezas. Ele tem uma predileção por usar os pequenos e frágeis..
edit post
Reações: 
0 Responses

Postar um comentário